PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Cuidados com a pele nos dias frios: menos banho quente, mais hidratação

Adriana Vilarinho

01/06/2020 04h00

iStock

Há quem ame o tempo frio, sob a justificativa de que as pessoas se vestem de maneira mais elegante, dormem melhor e não ficam transpirando o tempo todo, como nos dias de calor. Contudo, a queda nas temperaturas e a chegada dos dias mais frios podem trazer algumas complicações à pele causadas por uma série de fatores.

A baixa umidade do ar e as temperaturas mais frias comumente provocam o ressecamento da pele, tanto do rosto quanto do corpo. Além disso, quem é que não gosta de tomar um banho quentinho nessa época? Os banhos mais quentes são prejudiciais à nossa pele, pois causam a perda da oleosidade natural, diminuindo o manto lipídico responsável pela retenção de umidade cutânea.

Além disso, existem doenças que podem se agravar nessa época do ano:

  • Dermatite Atópica: trata-se de um processo inflamatório crônico de origem genética, caracterizado por crises de coceiras que resultam em lesões, ressecamento e eczemas na pele.
  • Psoríase: é uma doença inflamatória crônica, não contagiosa, caracterizada por lesões avermelhadas e descamativas. Existem diversos tipos de psoríase, mas comumente os locais mais atingidos são o couro cabeludo, cotovelos, joelhos, palmas das mãos, plantas dos pés e tronco.
  • Ictiose vulgar: geralmente aparece no primeiro ano de vida, pode apresentar sintomas leves como ressecamento da pele ou mais intensos, como descamações mais fortes de aspecto geométrico.

Em todos os casos, usar produtos indicados por um dermatologista é um passo importantíssimo para tratar as crises agudas dessas patologias. Os cuidados com o banho também são essenciais, por isso deve-se evitar banhos muito quentes e sabonetes que possam irritar a pele.

A hidratação da pele é o ideal para evitar que as lesões se desenvolvam, além disso, a exposição moderada ao sol, fora dos horários de risco para câncer de pele, também é recomendada, em alguns casos, contudo, é preciso consultar um médico especialista para que ele avalie o quadro e indique o melhor tratamento.

Mantenha a pele hidratada

A hidratação da pele é o ideal para evitar que lesões se desenvolvam. Evite tomar banhos muito quentes e se ensaboar demais. Após sair do chuveiro, aproveite o vapor pós banho e aplique hidratante. Essa técnica faz com que o creme tenha uma boa aderência à pele. Além disso, dê preferência à sabonetes mais suaves, espumas ou óleos de banho.

Outro ponto muito importante é o cuidado com os lábios, como eles ressecam muito no inverno, deve-se usar hidratantes indicados para a região à base de lanolina e dexpantenol (vitamina B5). E vale lembrar: o uso do filtro solar e a ingestão de pelo menos dois litros de água são indispensáveis, faça chuva ou faça sol, calor ou frio.

Sobre a autora

Adriana Vilarinho é graduada pela Faculdade de Medicina do ABC, em São Paulo, especialista em dermatologia pela Associação Brasileira de Medicina e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da qual é membro. Também faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e da American Academy of Dermatology.

Sobre o blog

O que a gente chama de beleza é o reflexo da saúde. Uma pele bonita é uma pele saudável, cabelos bonitos são cabelos saudáveis e por aí afora. Este é o espaço para quem busca orientações dermatológicas confiáveis, sempre visando o bem-estar, com dicas que muitas vezes podem ser até bem simples e descomplicadas, mas que são sempre baseadas na experiência médica.

Blog da Adriana Vilarinho