PUBLICIDADE

Topo

Histórico

A região íntima também envelhece. Conheça procedimentos para cuidar dela

Adriana Vilarinho

11/11/2019 04h00

Crédito: iStock

Você já parou para pensar que a região íntima também envelhece?! Pois é, como qualquer parte do nosso corpo, a região íntima genital também sofre os efeitos do tempo.

Entre as queixas mais comuns geradas pelo passar dos anos estão flacidez, escurecimento e diminuição da firmeza, que podem interferir na sexualidade e autoestima das pessoas, causando incômodo e/ou insatisfação.

Para as mulheres, além das questões ligadas à aparência, sintomas como a diminuição da lubrificação, escape urinário e dor durante o ato sexual são queixas frequentes –e todas elas podem ser tratadas. Diminuição da sensibilidade e do prazer sexual também são relatados como sintomas que podem interferir negativamente na vida da mulher.

Graças aos avanços médicos, diversos tratamentos dermatológicos já estão disponíveis para abordagem terapêutica da região íntima feminina de forma não invasiva, ou minimamente invasiva.

Entre os procedimentos mais utilizados atualmente estão:

  • Laser para clareamento da pele da região íntima
  • Tecnologia de radiofrequência para atenuar flacidez
  • Preenchimentos e peelings para aumentar a firmeza 

Esses procedimentos podem ser realizados no consultório médico e contribuem para devolver a confiança, autoestima, prazer e bem-estar das mulheres em diversas fases da vida.

Procure seu dermatologista para saber qual é o tratamento mais adequado para seu desconforto. A saúde íntima da mulher também é auxiliada pela dermatologia. Cuide da sua!

 

Sobre a autora

Adriana Vilarinho é graduada pela Faculdade de Medicina do ABC, em São Paulo, especialista em dermatologia pela Associação Brasileira de Medicina e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da qual é membro. Também faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e da American Academy of Dermatology.

Sobre o blog

O que a gente chama de beleza é o reflexo da saúde. Uma pele bonita é uma pele saudável, cabelos bonitos são cabelos saudáveis e por aí afora. Este é o espaço para quem busca orientações dermatológicas confiáveis, sempre visando o bem-estar, com dicas que muitas vezes podem ser até bem simples e descomplicadas, mas que são sempre baseadas na experiência médica.

Blog da Adriana Vilarinho