Topo
Blog da Adriana Vilarinho

Blog da Adriana Vilarinho

Histórico

Hidratar, nutrir, reconstruir: como saber qual cuidado seu cabelo precisa

Adriana Vilarinho

10/09/2019 04h00

Crédito: iStock

Você sabe identificar as necessidades dos seus cabelos? Assim como a pele, os cabelos precisam de cuidados especiais, devido às agressões de fatores externos como a poluição, radiação solar e manipulações com produtos químicos, como as tinturas. Além disso, o cabelo também envelhece, mais um motivo para ficar atento às madeixas e consultar um dermatologista para o diagnóstico correto.

O cronograma capilar sugere cuidados específicos para os fios como hidratação, nutrição e reconstrução, mas também existem os tratamentos voltados para a umectação, cauterização, força e crescimento.

Todos os tipos de cabelo, do liso ao crespo, perdem água, que precisa ser reposta. Portanto, hidratar é o primeiro passo para manter os fios saudáveis. As máscaras hidratantes costumam atuar com benefícios, se realizadas de forma correta.

Se o cabelo está opaco, com "frizz", áspero e embaraçando com frequência, é hora de nutrir. As máscaras de nutrição atuam sobre os lipídios (gordura natural) da fibra capilar e ajudam a selar os fios, mantendo a hidratação. Fios excessivamente ressecados precisam, além da nutrição, de umectação, que pode ser realizada com óleos vegetais ou com produtos à base de óleos.

A rotina de reconstrução é indicada para pacientes que estejam com os cabelos fracos, quebradiços, elásticos e porosos (principalmente pós-química ou descoloração). Os produtos para reconstrução atuam colaborando com a reposição das proteínas da fibra, como a queratina, melhorando a força e a elasticidade natural. É importante seguir um cronograma de acordo com o nível de comprometimento dos fios, realizando o tratamento semanal, quinzenal ou mensal, conforme orientado pelo Dermatologista.

A cauterização também age profundamente na fibra capilar, assim como a reconstrução, porém mais intensamente, atuando na reposição de proteínas.

Além das agressões externas e envelhecimento, o couro cabeludo pode apresentar seborreia e/ou excesso de oleosidade, entre outras doenças, que danificam os cabelos favorecendo a queda e enfraquecimento.

A dermatologia oferece um arsenal de tratamentos, incluindo a prescrição de fórmulas manipuladas ou dermocosméticos adequados ao problema de cada paciente. Consulte seu dermatologista!

Sobre a autora

Adriana Vilarinho é graduada pela Faculdade de Medicina do ABC, em São Paulo, especialista em dermatologia pela Associação Brasileira de Medicina e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da qual é membro. Também faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e da American Academy of Dermatology.

Sobre o blog

O que a gente chama de beleza é o reflexo da saúde. Uma pele bonita é uma pele saudável, cabelos bonitos são cabelos saudáveis e por aí afora. Este é o espaço para quem busca orientações dermatológicas confiáveis, sempre visando o bem-estar, com dicas que muitas vezes podem ser até bem simples e descomplicadas, mas que são sempre baseadas na experiência médica.