menu

Topo
Blog da Adriana Vilarinho

Blog da Adriana Vilarinho

Histórico

Seis dicas para cuidar da pele oleosa e evitar problemas como cravos e acne

Adriana Vilarinho

24/09/2018 04h00

Crédito: iStock

Muitas pessoas têm pele oleosa, que se caracteriza pelo excesso de brilho, poros dilatados e aparecimento de acnes e cravos. Além da herança genética, contribuem para a condição fatores hormonais, excesso de sol, estresse e uma dieta rica em alimentos com alto teor de gordura.

Agora que o inverno acabou e as temperaturas tendem a subir, quem sofre com o problema precisa aumentar os cuidados de rotina com a pele, pois é comum que em dias/estações mais quentes as glândulas sebáceas produzam mais sebo do que o normal, aumentando a oleosidade. A seguir, vou dar algumas dicas do que fazer no dia a dia para driblar incômodos:

Use um sabonete adequado Alguns produtos possuem agentes que atuam contra o sebo e acne, como o ácido salicílico. Esse ativo é esfoliante, diminui a contaminação por fungos e bactérias e ajuda a regular a oleosidade.

— Não lave o rosto repetidas vezes Quando você retira o sebo do rosto com a lavagem, a pele automaticamente o repõe, pois essa gordura que é eliminada existe para proteger a nossa derme, como se fosse uma película. Portanto, não adianta lavar o rosto várias vezes ao dia, achando que vai reduzir a oleosidade. Isso só vai aumentar a produção das glândulas sebáceas. O ideal mesmo é fazer a limpeza com sabonete apropriado e recomendado pelo seu dermatologista poucas vezes ao dia, conforme a indicação médica especializada.

– Evite hidratantes e cremes muito espessos Quem tem pele oleosa não deve deixar de repor a hidratação perdida e restaurar a derme. Porém, produtos muito espessos podem manter ou não contribuir para a diminuição da oleosidade. Prefira loções leves e de rápida absorção, além de protetores solares específicos para seu tipo de pele.

Deixe o rosto livre Cortes de cabelo que tampam parte do rosto prejudicam a ventilação da pele, contribuindo para maior oleosidade.

– Não esprema cravos e espinhas Além de correr o risco de ficar com a pele marcada, fazer isso pode ocasionar infecções e gerar um transtorno ainda maior. O recomendado e fazer regularmente limpeza de pele, esfoliação e, dependendo do caso, usar medicamentos para solucionar o problema.

— Faça esfoliação frequentemente Para quem sofre com oleosidade e acne, o procedimento deve ser parte da rotina. O ideal é realizá-lo de uma a duas vezes por semana, sempre com produtos específicos para seu tipo de pele. A esfoliação é benéfica porque limpa os poros e ajuda a regular a produção de sebo.

Essas recomendações simples ajudam a amenizar o problema. Se ele persistir, atualmente existem diversos procedimentos e tecnologias para combater a oleosidade. Procure um dermatologista e cuide da pele com atenção!

Sobre a autora

Adriana Vilarinho é graduada pela Faculdade de Medicina do ABC, em São Paulo, especialista em dermatologia pela Associação Brasileira de Medicina e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da qual é membro. Também faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e da American Academy of Dermatology.

Sobre o blog

O que a gente chama de beleza é o reflexo da saúde. Uma pele bonita é uma pele saudável, cabelos bonitos são cabelos saudáveis e por aí afora. Este é o espaço para quem busca orientações dermatológicas confiáveis, sempre visando o bem-estar, com dicas que muitas vezes podem ser até bem simples e descomplicadas, mas que são sempre baseadas na experiência médica.